Ano da Fé na pauta do 31º Curso de Missiologia

Destinado a leigos, religiosos, seminaristas e sacerdotes comprometidos com a dimensão missionária em suas respectivas comunidades, além de membros de grupos missionários e animadores de missões populares que tem o objetivo de se aprofundar na teologia e pastoral missionária, acontece no Centro de Missiologia para o Cone Sul João Paulo II, em Buenos Aires, Argentina, o 31º Curso de Missiologia. Com o tema “A fé cresce quando se vive como experiência de amor e se comunica como experiência de graça e alegria (Porta Fidei)”, em comemoração ao Ano da Fé convocado pelo papa Bento XI, o evento teve início no dia 21 de janeiro e segue até o próximo dia 9 de fevereiro, com o objetivo de levar os participantes a adquirirem um coração e uma mente de discípulos-missionários e levá-los a viver o espírito missionário a partir da própria vocação. Os temas estudados nesse novo módulo do curso são História da Missão; Missão no Antigo Testamento; A Missão no Novo Testamento I; Antropologia e Cultura para a Missão; Cristologia para a Missão e Ética e Moral para a Missão. A formação conta com participantes de três brasileiros: padre Marcelo Gualberto (secretário nacional da Pontifícia obra da Propagação da Fé); padre André Luiz de Negreiros (secretário nacional da Infância e Adolescência Missionária), ambos no segundo ano do curso; Elaine Machado (coordenadora regional da IAM no Paraná), primeiro ano. Elaine Machado, por e-mail, relatou como anda o curso. “Encerramos a última semana com diversos testemunhos missionários de irmãos argentinos que realizaram missão além-fronteiras na África. Concluímos que a formação missionária é imprescindível e fundamental para podermos melhor servir a Igreja que por essência é missionária, mas, sobretudo, poder partilhar experiências e conviver com irmãos de diferentes nações, nos faz cada vez mais apaixonados pela missão”. Em 2012, o tema de estudo no curso foi “Fundamento teológico da Missão” e como complemento “Comunicação a favor da Missão”.

Compartilhar:

Compartilhar:

Mais conteúdo

É BOM ESTARMOS AQUI

Algo que dá sentido à vida humana é a compreensão de quanto esta é bela. Melhor ainda quando essa descoberta vem acompanhada por uma revelação

AMIZADE E FRATERNIDADE

Parece-me um tanto forçado o termo Amizade Social num contexto de fraternidade cristã. Porque a boa notícia que nos trouxe os Evangelhos é exatamente o

AUDIÊNCIA GERAL 14/02/24

O texto a seguir inclui também as partes não lidas que são igualmente consideradas como pronunciadas: Catequeses. Os vícios e as virtudes. 8. A acídia

 A CRENÇA NOS MILAGRES

É impressionante, mas bem antes de Jesus, desde sempre e até os dias atuais, basta um farfalhar, um burburinho qualquer anunciando milagres… lá está o

Enviar Mensagem