Aprovada devoção a Nossa Senhora do Dízimo

No ano 2009, os missionários José Fonseca e Bruno estavam em missão do dízimo na cidade de Maputo, capital de Moçambique. Lá, em conversa com padres Rômulo e José Geraldo falavam sobre a dura realidade de um povo que sobrevive com 70 dólares mensais e sobre Maria Santíssima que administrava, como dona de casa, o orçamento de José, carpinteiro. Ao final da conversa, espontaneamente padre Rômulo disse: Nossa Senhora do Dízimo, rogai por nós!, tendo em suas mãos a imagem que mostramos ao lado. Foi como uma flecha inflamada que tocou o coração de todos de maneira carinhosa e definitiva. A imagem foi dada de presente ao missionário Fonseca que a trouxe ao Brasil, tendo acompanhado-o em todas as missões por terras brasileiras. No dia 18 de fevereiro último, em audiência com Dom Fernando Antonio Figueiredo, bispo da diocese de Santo Amaro (SP), ele recebeu a aprovação eclesiástica para divulgar Nossa Senhora sob o título de “Nossa Senhora do Dízimo”. Na mesma ocasião, Dom Fernando aprovou, também, a oração a Nossa Senhora do Dízimo: “Ó Maria, gloriosa mãe de Deus, ergue-se a vós a nossa oração. Que a sua fidelidade a Deus e ao seu projeto de salvação, conceda-nos a graça de sermos fiéis no dízimo, para colaborar com Deus, com a Igreja e com os pobres, e construir uma unidade concreta para suportar as adversidades e dificuldades desta vida. Queremos que a Palavra de Deus explicada ao povo, faça-o cada vez mais devoto de Nossa Senhora e comprometido com o dízimo e a oferta. Amém”. Então, a partir de agora, os devotos de Nossa Senhora podem também invoca-la sob esse título, de forma especial os dizimistas e os agentes que trabalham na pastoral do dízimo. Se você quer conhecer mais detalhes desta devoção, entre em contato com José Fonseca pelo e-mail: fonseca@meac.com.br.

Compartilhar:

Compartilhar:

Mais conteúdo

CASA DA SOGRA

Não há como fugir da curiosidade que o título aqui desperta. Por experiência, definição, ironia, crítica ou mesmo rejeição, sabemos que a casa da sogra

DEMÔNIOS QUEREM NOS DESTRUIR

Tem gente que não acredita em Deus, mas teme os demônios. Tem gente que faz pacto com demônios, mas ignoram os pactos que Deus fez

AUDIÊNCIA GERAL 24/01/24

O texto a seguir inclui também as partes não lidas que são igualmente consideradas como pronunciadas: Catequeses. Os vícios e as virtudes. 5. A avareza

O TEMPO É AGORA

O grande desafio que o cristianismo propõe ao mundo é encarar a realidade do tempo presente. Seja este bom ou ruim, o fato é que

Enviar Mensagem