AS CORES DA IGREJA CATÓLICA – Benedito – Meac

Vamos falar primeiro da cor branca, Usado nas missas do tempo Pascal, É usado também nas festas em memórias, Exceto da paixão de cristo em especial, E relembramos um trecho da história Na paixão de cristo que depois a gloria No nascimento de Jesus que o Natal. Homenagem a nossa Virgem Santa, Dos santos mártires desta enorme lista, Novembro festas de todos os santos, Confraterniza em junho João Batista, A Cátedra de Pedro de Paulo a conversão. É o branco que está nesta dimensão E em junho festa de João evangelista, O branco é símbolo da luz que nos ilumina, Tificando a inucencia que tem a pureza, Aumentando a alegria e dando a gloria, Contenplando de Deus desta certeza, E assim é o branco que vem enradiado, Aproximando de Deus e do seu reinado, Fazendo com quer enxergamos a beleza. O vermelho ele vem para nos mostrar, Celebrações da paixão de nosso senhor, Sexta Santa, faz parte desta lista, Esta história representa sofrimento e dor, Celebrações dos Santos Mártires fortes. Simboliza o fogo em Pentecostes, E o sangue de Jesus o nosso Salvador. O verde vem como cor da esperança, Esta cor ela não vem de qualquer um, Simboliza a cor e da bonança, Ofícios e Missas do Tempo Comum, Prenunciando a esperança da vida eterna. Considero esta cor a mais moderna, Todos juntos para Deus tornando um. A cor azul tambem é bem lembrada, Nas festas da imaculada conceição, Solenidade da Santissima virgem Maria, Que temos uma grande veneração, A cor azul se mistura com seu véu, E embeleza também a cor do céu, Com a dadiva do Pai da criação. Esta proxima cor que vou falar, O roxo é usado no tempo do Advento, Nos Ofícios e Missas pelos mortos, Ela sempre estará neste momento, Significa, penitência, aflição e melancolia. Que jesus passou por eles alguns dias, Acontece sempre nestes acontecimentos O preto substituido pelo roxo, Tinha o significado de luto, Significa a tristeza morte e a escuridão, Ccelebrada aos fiéis defuntos, Acompanhado na missa pelo missal, Para a igreja é isso e fundmental, Catolicos leigos mais que absoluto. O roxo e o rosa formam parceria, O rosa tambem faz parte do advento, Na quaresma o roxo faz sua companhia, A igreja celebra este movimento, As duas cores são bem relembradas, Porque fazem parte da história sagrada, Para nós e motivo de viver o momento. As cores se torna em todos os lares, A esperança de buscarmos coisa boas Desde das epocas dos cinturiões, A igreja não celebra nada a toa, Através do estudo teologico, Que o poeta achou assim tão lógico, É assim que Deus nos abençoa. Benedito Miguel. Conhecido Popularmente como: Barreiro Grande Poeta Cordelista.

Compartilhar:

Compartilhar:

Mais conteúdo

CASA DA SOGRA

Não há como fugir da curiosidade que o título aqui desperta. Por experiência, definição, ironia, crítica ou mesmo rejeição, sabemos que a casa da sogra

DEMÔNIOS QUEREM NOS DESTRUIR

Tem gente que não acredita em Deus, mas teme os demônios. Tem gente que faz pacto com demônios, mas ignoram os pactos que Deus fez

AUDIÊNCIA GERAL 24/01/24

O texto a seguir inclui também as partes não lidas que são igualmente consideradas como pronunciadas: Catequeses. Os vícios e as virtudes. 5. A avareza

O TEMPO É AGORA

O grande desafio que o cristianismo propõe ao mundo é encarar a realidade do tempo presente. Seja este bom ou ruim, o fato é que

Enviar Mensagem