Comissão do Vaticano pede “unidade” na Teologia católica

Cidade do Vaticano (RV) – A Comissão Teológica Internacional (CTI), organismo consultivo do Vaticano, divulgou nesta quinta-feira um documento que pede aos teólogos católicos um discurso comum, alertando para os riscos da fragmentação dentro da Igreja. O texto examina algumas questões atuais da teologia e propõe, à luz dos princípios constitutivos da teologia, os critérios metodológicos determinantes para a teologia católica. “Se a Igreja quiser comunicar a mensagem única de Cristo ao mundo, precisa claramente de um discurso comum, e neste sentido, é legítimo falar da necessidade de uma unidade da Teologia” – frisa o documento, intitulado “Teologia hoje: Perspectivas, princípios e critérios”. Cinquenta anos após o início do Concílio Vaticano II (1962-1965), o texto indica que este foi um período muito produtivo, em que surgiram novas vozes teológicas, em particular leigos e mulheres, teologias de “novos contextos culturais”. Temas como a paz, a justiça, a libertação, a ecologia e a bioética ganharam um novo destaque, sublinha a CTI, definindo-os como “desenvolvimentos positivos”. O documento ressalva, no entanto, que as últimas décadas deram origem a uma “certa fragmentação da Teologia”, levantando questões como “quais são as suas características e como se manter uma identidade verdadeira”. O texto da CTI se divide em três capítulos, dedicados à “escuta da palavra de Deus”, à “comunhão com a Igreja” e à “verdade de Deus numa perspectiva de autêntica sabedoria”. A CTI é um organismo que reúne 30 dos teólogos mais renomados de todo o mundo sob a presidência do Cardeal William Levada, Prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé. A missão da CTI é ajudar a Santa Sé e em particular a Congregação para a Doutrina da Fé a examinar as questões doutrinais de maior importância. O documento pode ser consultado no site www.vatican.va. (CM)

Compartilhar:

Compartilhar:

Mais conteúdo

CASA DA SOGRA

Não há como fugir da curiosidade que o título aqui desperta. Por experiência, definição, ironia, crítica ou mesmo rejeição, sabemos que a casa da sogra

DEMÔNIOS QUEREM NOS DESTRUIR

Tem gente que não acredita em Deus, mas teme os demônios. Tem gente que faz pacto com demônios, mas ignoram os pactos que Deus fez

AUDIÊNCIA GERAL 24/01/24

O texto a seguir inclui também as partes não lidas que são igualmente consideradas como pronunciadas: Catequeses. Os vícios e as virtudes. 5. A avareza

O TEMPO É AGORA

O grande desafio que o cristianismo propõe ao mundo é encarar a realidade do tempo presente. Seja este bom ou ruim, o fato é que

Enviar Mensagem