“Jovens: artícifes da paz!” é tema da 4ª Romaria Nacional da Juventude

No dia 24 de novembro, acontecerá, em Juazeiro, a sexta edição da Caminhada pela Paz. Este ano, o evento trará um desafio inusitado aos participantes: o abraço coletivo de 1000 pessoas. O objetivo da iniciativa é “demonstrar que a vida tem valor”, é o que revela o idealizador e coordenador Geral do evento, padre José Filipe Pulpayil. “Quando um cidadão aponta uma arma para você e diz ‘passa tudo pra mim’ ele demonstra que, para ele, você não vale nada. Cada dia mais, a sociedade valoriza só as coisas materiais que você tem. É isso que gera a violência. Por isso este ano trazemos o desafio dos mil abraços: para mostrar que a pessoa é mais importante, mais valiosa do que as coisas materiais”, explica o sacerdote. Este ano a Caminhada terá quatro paradas, com reflexões e cantos de paz. É neste momento que cada um deverá abraçar pelo menos 250 pessoas para realizar o desafio. O evento será encerrado na Orla, com a Benção do Santíssimo Sacramento, presidida pelo Padre Josemar Mota, da Catedral. A Caminhada será preparada pela Novena pela Paz, que terá início nesta quinta-feira, 15, na Paróquia Santa Teresinha, no bairro Piranga, às 19h30. As celebrações acontecerão durante nove dias até o evento, passando pelas diversas paróquias da cidade. Mais informações sobre o evento os interessados encontram no site da Diocese de Juazeiro, clique aqui. Serviço: Evento: 6ª Caminhada pela Paz Saída: Parque Lagoa do Calú Data e Horário: 24 de novembro às 18h Novena pela Paz (início às 19h30): 15/11 – Paróquia Sta. Teresinha – Bairro Piranga 16/11 – Comunidade Sant’Ana – Alto do Alencar 17/11 – Catedral de Juazeiro – Centro 18/11 – Comunidade Santa Rita – Juazeiro IV 19/11 – Comunidade São Geraldo – São Geraldo 20/11 – Paróquia Santo Antônio – Santo Antônio 21/11 – Comunidade São Paulo Apóstolo – Jardim São Paulo 22/11 – Comunidade São Pedro – Novo Encontro 23/11 – Paróquia São Cosme e São Damião – Alagadiço

Compartilhar:

Compartilhar:

Mais conteúdo

CASA DA SOGRA

Não há como fugir da curiosidade que o título aqui desperta. Por experiência, definição, ironia, crítica ou mesmo rejeição, sabemos que a casa da sogra

DEMÔNIOS QUEREM NOS DESTRUIR

Tem gente que não acredita em Deus, mas teme os demônios. Tem gente que faz pacto com demônios, mas ignoram os pactos que Deus fez

AUDIÊNCIA GERAL 24/01/24

O texto a seguir inclui também as partes não lidas que são igualmente consideradas como pronunciadas: Catequeses. Os vícios e as virtudes. 5. A avareza

O TEMPO É AGORA

O grande desafio que o cristianismo propõe ao mundo é encarar a realidade do tempo presente. Seja este bom ou ruim, o fato é que

Enviar Mensagem