Livro ajuda no ensino do Dízimo na Catequese

O MEAC – Missionários para Evangelização e Animação de Comunidades – é um grupo de missionários leigos que atua na Igreja há 40 anos. Há 30 anos se dedica à implantação e animação da pastoral do Dízimo. Agora, coloca à disposição dos padres, catequistas e lideranças em geral, o livro “Dízimo Mirim – da Catequese ao Dízimo”, um material didático, com quatro encontros dinâmicos que leva o ensinamento bíblico do dízimo para a catequese. “São três encontros de estudo, com várias dinâmicas práticas sobre dízimo, através dos quais o catequizando aprende envolvendo a família e outras lideranças da paróquia”, explica Odilmar Franco, co-autor do livro.
O material foi escrito a partir da crescente necessidade demonstrada por padres, lideranças da pastoral do dízimo e até mesmo catequistas que sentem a necessidade de abordar o tema Dízimo com as crianças. “À medida que vai se criando a consciência do dízimo, logo se começa a perceber que esse tema precisa ser ensinado desde cedo” comenta Odilmar.  Daí a busca por materiais de evangelização para a catequese.

Relembrando: Percebendo a necessidade urgente da evangelização sobre o dízimo, no ano de 1974 a CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) lançou um Estudo sobre o tema: Estudos da CNBB – nº 6 – Pastoral do Dízimo, trazendo informações riquíssimas sobre a espiritualidade e a prática do dízimo. Nele, os Bispos afirmam que o dízimo não pode ser entendido como mais uma atividade financeira ou como forma de arrecadação de dinheiro para sustentar a paróquia, mas como uma pastoral, catequese, ação evangelizadora.
Fica claro, portanto, segundo a orientação da Igreja, que o dízimo é um ato de fé que demonstra o reconhecimento de que tudo o que temos e somos é fruto do amor e da generosidade de Deus. Amor que não é só sentimento, mas que se transforma em ação, em atitude concreta de doação, de partilha para sustentar todas as obras dessa mesma comunidade. O dízimo revela nosso entendimento de que se trata de um ensinamento divino, expresso na Bíblia, que é a Palavra de Deus. É um ato de solidariedade porque ajuda a realizar a dimensão social de ser Igreja atendendo àqueles que mais precisam.
A psicóloga e missionária leiga do MEAC, Rosana Franco, co-autora do livro “Dízimo Mirim – da Catequese ao Dízimo”, lembra que para amar é preciso conhecer!
Ela diz que “só amamos as pessoas porque as conhecemos, e a partir de hoje vamos conhecer o que nos ensina a Bíblia sobre Dízimo e Oferta, ensinamentos de Deus vividos em nossa Igreja para a sustentação do Reino de Deus”.
Ela ainda explica que “o melhor da prática do Dízimo e da Oferta é que ela nos modifica por dentro, para a solidariedade e a partilha consciente. Por isso, é preciso conhecer para amar esta Palavra e, depois, contar a todos “…até aos confins da terra….”.

A idéia é levar conhecimento para amar esse ensinamento de Deus através de um encontro de formação para os catequistas. Depois, os catequistas utilizarão o livro nos encontros com os catequizandos. Esses encontros seguem a seguinte dinâmica: os catequistas usarão 15/20 minutos do encontro semanal para a formação dos catequizandos sobre Dízimo e Oferta. A formação será em 04 encontros com os seguintes temas:
1º Encontro:  O que é Dízimo?
2º Encontro:  Para que serve o Dízimo?
3º Encontro:  Como praticar o Dízimo?
4º Encontro: Evangelizando sobre o Dízimo.
O 4º Encontro será realizado durante o Ofertório da missa, especialmente preparada para que os catequizandos entreguem seus dízimos e ofertas. Trata-se de um trabalho que deve ser feito em parceria entre a pastoral da Catequese e pastoral do Dízimo
Cada encontro contém:
A) Animação
B) Palavra
C) Comentário
D) Comparando com a vida
E) Evangelizando em casa
Mais detalhes sobre o livro e o encontro de formação para catequistas podem ser obtidos com os missionários Odilmar e Rosana pelos fones (42) 3252 3099 – 9947 7212 ou pelo email: odilmar@meac.com.br

Compartilhar:

Compartilhar:

Mais conteúdo

CASA DA SOGRA

Não há como fugir da curiosidade que o título aqui desperta. Por experiência, definição, ironia, crítica ou mesmo rejeição, sabemos que a casa da sogra

DEMÔNIOS QUEREM NOS DESTRUIR

Tem gente que não acredita em Deus, mas teme os demônios. Tem gente que faz pacto com demônios, mas ignoram os pactos que Deus fez

AUDIÊNCIA GERAL 24/01/24

O texto a seguir inclui também as partes não lidas que são igualmente consideradas como pronunciadas: Catequeses. Os vícios e as virtudes. 5. A avareza

O TEMPO É AGORA

O grande desafio que o cristianismo propõe ao mundo é encarar a realidade do tempo presente. Seja este bom ou ruim, o fato é que

Enviar Mensagem