O MACHO DA ESPÉCIE HUMANA

Até que enfim uma mulher brasileira, tomada pelas arbitrariedades sociais e questões de justiça, lança uma inusitada campanha: “Salvem os Homens!”. Até que enfim! Trata-se de inteligente reflexão feita pela atriz Fernanda Montenegro, que circula na internet e possui todas as diretrizes para as mulheres que desejem preservar seus relacionamentos conjugais, pois “os novos costumes e o desrespeito à natureza tem afetado a sobrevivência de vários seres e entre os mais ameaçados está o macho da espécie humana”. Finalmente uma voz de peso no clã feminista tem a coragem de dizer verdades. Fala de seus 56 anos “de muito amor e companheirismo”, – binômio em decadência no relacionamento de muitos casais de verdade – mas ao mesmo tempo é capaz de reconhecer o valor da reciprocidade, pois “acredito que era ele também que me mantinha firme no relacionamento”. Surpreendentemente, o segredo que nos revela e relativamente simples. Nenhuma grande teoria psicológica, nem vastas teses acadêmicas, mas a pureza das coisas pequenas dá sabor e vida ao relacionamento homem-mulher. 1. Homem não pode ser mantido em cativeiro, pois se for engaiolado fugirá ou morrerá dentro. 2. Ninguém vive de vento. Homem vive de carinho, comida e bebida. Dê-lhe em abundância. 3. O carinho faz parte de seu cardápio porque homem mal tratado fica vulnerável a interessar-se na rua por quem o trate melhor. 4. Respeite sua natureza, seu trabalho, sua cerveja, futebol, pescaria, amigos, liberdade, carros… Caso contrário case-se com uma mulher. 5. Não anule sua origem. Ele nasceu para ser provedor da família e é natural valorizar seus negócios, trabalho, dinheiro, investimentos, empreendimentos… 6. O cérebro masculino não é um mito, por isso desacreditam da capacidade feminina e procuram aquelas que fingem não possuí-lo (e algumas realmente não possuem! Também, 7 bilhões de neurônios a menos). Na visão dessa espetacular atriz e mulher por excelência, o segredo do bom relacionamento está na compreensão e respeito mútuos, cujos exercícios exigem não mera submissão, mas adequação. Quando fala da pseudo inferioridade feminina, lembra que alguns vão tentar provar, a qualquer custo, que a inteligência masculina é realmente superior. “Não fuja desses, aprenda com eles e cresça. E não se preocupe, pois, ao contrário do que ocorre com as mulheres a inteligência não funciona como repelente para os homens”. Corajosa essa sua afirmativa, que conclui com um conselho mais que especial: “Não faça sombra sobre ele… Se você quiser ser uma grande mulher tenha um grande homem ao seu lado, nunca atrás. Assim, quando ele brilhar, você vai pegar um bronzeado. Porém, se ele estiver atrás, você vai levar um pé-na-bunda”. Ah, ah, ah. Querem o nome desse conselho? Astúcia. Sim, astúcia é a maior aliada da inteligência feminina. Sempre foi. Sabem o que eu acho? Por trás da beleza e aparente ingenuidade ou fragilidade feminina Deus escondeu os neurônios da inteligência biológica, para envolvê-los com um pouco mais de calor humano e irradiá-los com os fluídos que emanam do coração: o amor. Tolos somos nós, homens, que pensamos ser superiores a elas. Mas, não generalizemos, pois muitas delas, infelizmente, nunca compreenderão a riqueza de um relacionamento “para sempre”, pois que homens e mulheres do nosso tempo, mais que inteligentes, são medrosos por natureza. Conclui Montenegro: “É, minha amiga, se você acha que homem dá muito trabalho, case-se com uma mulher e aí você vai ver o que é mau humor. Só tem homem bom quem sabe faze-lo ser bom!”. Obrigada Fernanda. Obrigado Fernando. WAGNER PEDRO MENEZES wagner@meac.com.br

Compartilhar:

Compartilhar:

Mais conteúdo

AUDIÊNCIA GERAL 28/02/24

O texto a seguir inclui também as partes não lidas que são igualmente consideradas como pronunciadas: Catequeses. Os vícios e as virtudes. 9. A inveja

É BOM ESTARMOS AQUI

Algo que dá sentido à vida humana é a compreensão de quanto esta é bela. Melhor ainda quando essa descoberta vem acompanhada por uma revelação

AMIZADE E FRATERNIDADE

Parece-me um tanto forçado o termo Amizade Social num contexto de fraternidade cristã. Porque a boa notícia que nos trouxe os Evangelhos é exatamente o

AUDIÊNCIA GERAL 14/02/24

O texto a seguir inclui também as partes não lidas que são igualmente consideradas como pronunciadas: Catequeses. Os vícios e as virtudes. 8. A acídia

Enviar Mensagem