Pastorais Sociais e Organismos da CNBB discutem Rio+20 e Cúpula dos Povos

pastorais_sociais_2012Desde o dia 12 de março a Comissão Episcopal Pastoral para o Serviço da Caridade, da Justiça, e da Paz, da CNBB, está reunida no Instituto São Boaventura (ISB), em Brasília (DF), com representantes das Pastorais e Organismos que compõem esta Comissão. A reunião conta com a participação dos bispos referencias da Comissão para o Serviço da Caridade, da Justiça e da Paz, como o seu presidente, dom Guilherme Werlang, e dom Enemésio de Lazaris, dom José Luiz Ferreira Salles, dom José Moreira Bastos, dom Roque Paloschi. Nesta reunião foi refletida a forma de participação da Conferencia Rio+20 e da Cúpula dos Povos. Já o dia 13 foi todo dedicado à partilha do trabalho das Pastorais Sociais e suas propostas para o próximo quadriênio. O assessor da Comissão para a Caridade, Justiça e Paz, padre Ari dos Reis, disse que uma das deliberações é participar da Cúpula dos Povos. Para ele, essa atividade da sociedade civil voltada à temática ambiental é um importante momento de articulação, participação e cuidado com a “Mãe Terra”, a natureza, os bens naturais. Para o padre Ari, a nossa participação deve acontecer em comunhão com a arquidiocese do Rio de Janeiro. As Pastorais optaram também por produzir materiais informativos e formativos sobre a temática, a saber, uma cartilha a ser produzida em comunhão com a rede jubileu Sul Brasil e um vídeo explicativo sobre a Rio+20. Reunião Em seguida ao encontro referente a Conferencia Rio+20 aconteceu o encontro das Pastorais Sociais e Organismos da CNBB. Os coordenadores partilharam a sua caminhada, especialmente os desafios em relação às Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil (DGAE). Nesta partilha, destacou-se as dificuldades de algumas dioceses assumirem e apoiarem as Pastorais Sociais, os problemas quanto sustentabilidade, mas também, o crescente empenho dos agentes em levarem para a frente a dimensão social da Igreja.

Compartilhar:

Compartilhar:

Mais conteúdo

AUDIÊNCIA GERAL 28/02/24

O texto a seguir inclui também as partes não lidas que são igualmente consideradas como pronunciadas: Catequeses. Os vícios e as virtudes. 9. A inveja

É BOM ESTARMOS AQUI

Algo que dá sentido à vida humana é a compreensão de quanto esta é bela. Melhor ainda quando essa descoberta vem acompanhada por uma revelação

AMIZADE E FRATERNIDADE

Parece-me um tanto forçado o termo Amizade Social num contexto de fraternidade cristã. Porque a boa notícia que nos trouxe os Evangelhos é exatamente o

AUDIÊNCIA GERAL 14/02/24

O texto a seguir inclui também as partes não lidas que são igualmente consideradas como pronunciadas: Catequeses. Os vícios e as virtudes. 8. A acídia

Enviar Mensagem