REVISTA CALENDARIO 2004

REVISTA CALENDARIO 2004

O dizimista fiel é livre e feliz.
Livre porque corta, vez por vez, um elo do egoísmo; feliz porque sabe partilhar.
O dízimista consciente ama sua comunidade e sente, pessoalmente, seus problemas.
Restaurar o dízimo na comunidade é colocar o povo nos trilhos da volta para Deus.
Deus é fonte inesgotável de todos os bens.
Prove que confia, repartindo com os irmãos.
Dízimo é obrigação?
Não, é convite de Deus a partilha.
E convite de Deus, para o cristão, é obrigação.
Querer implantar o dízimo como solução para os problemas financeiros da comunidade… é minimiza-lo.
Ser dizimista é compreender que Deus é Pai de todos.
A paróquia dizimista faz da comunidade uma família.
Não tenhas medo de repartir.
Quem te deu o que tens, tem muito mais para te dar.
Se lhe custa dar o dízimo, é porque não esta dando com amor.
O Dízimo provoca mudanças profundas nos corações dos fiéis.
Deus nos dá tantos dons… que “sobra ainda muito para toda a espécie de obra boa”.

Compartilhar:

Compartilhar:

Mais conteúdo

AUDIÊNCIA GERAL 28/02/24

O texto a seguir inclui também as partes não lidas que são igualmente consideradas como pronunciadas: Catequeses. Os vícios e as virtudes. 9. A inveja

É BOM ESTARMOS AQUI

Algo que dá sentido à vida humana é a compreensão de quanto esta é bela. Melhor ainda quando essa descoberta vem acompanhada por uma revelação

AMIZADE E FRATERNIDADE

Parece-me um tanto forçado o termo Amizade Social num contexto de fraternidade cristã. Porque a boa notícia que nos trouxe os Evangelhos é exatamente o

AUDIÊNCIA GERAL 14/02/24

O texto a seguir inclui também as partes não lidas que são igualmente consideradas como pronunciadas: Catequeses. Os vícios e as virtudes. 8. A acídia

Enviar Mensagem