Seminário de Jovens Comunicadores se encerra com chamado ao testemunho da fé

Uma missa neste domingo (20/05) presidida pelo presidente da Comissão Episcopal para a Juventude, dom Eduardo Pinheiro, no Santuário Dom Bosco marcou o encerramento do Seminário para Jovens Comunicadores. Cerca de 200 jovens de todo o país participaram do evento, deste a última sexta-feira, em Brasília. O seminário foi o resultado de uma parceria entre as comissões episcopais para a Juventude e Comunicação. Neste domingo, os trabalhos começaram com uma partilha, coordenada pela assessora da Comissão para a Comunicação, Ir. Élide Fogolari. Os jovens destacaram um aspecto importante sobre o modo de comunicar a vida cristã no exercício profissional: o testemunho. Tal aspecto foi ressaltado pelo padre Antonio Spadaro, que foi um dos assessores do Seminário. Ele afirmou que sentiu nos jovens brasileiros um profundo desejo de ajudar a Igreja na comunicação, e recomendou. “Estejam sempre com a cabeça, o coração e os olhos abertos. Evangelizamos melhor se escutamos as pessoas, o que elas pensam, assim como fez Jesus com no caminho de Emaús”. Ele também destacou que a caridade deve ser a marca da ação dos jovens comunicadores. “O importante é fazer poucas coisas, mas fazê-las bem”. Em seguida, a Comissão para a Juventude apresentou as suas diversas atividades, como o projeto Jovens Conectados e os preparativos para a Jornada Mundial da Juventude, no Rio de Janeiro em 2013. Dom Eduardo enfatizou que tais iniciativas são exemplo da opção afetiva e efetiva da Igreja pelos jovens. “A Jornada não pode ser um evento de uma semana. Mas a movimentação pré e pós Jornada são muito importantes na formação de jovens apaixonados, verdadeiros discípulos missionários de Jesus Cristo”.

Compartilhar:

Compartilhar:

Mais conteúdo

É BOM ESTARMOS AQUI

Algo que dá sentido à vida humana é a compreensão de quanto esta é bela. Melhor ainda quando essa descoberta vem acompanhada por uma revelação

AMIZADE E FRATERNIDADE

Parece-me um tanto forçado o termo Amizade Social num contexto de fraternidade cristã. Porque a boa notícia que nos trouxe os Evangelhos é exatamente o

AUDIÊNCIA GERAL 14/02/24

O texto a seguir inclui também as partes não lidas que são igualmente consideradas como pronunciadas: Catequeses. Os vícios e as virtudes. 8. A acídia

 A CRENÇA NOS MILAGRES

É impressionante, mas bem antes de Jesus, desde sempre e até os dias atuais, basta um farfalhar, um burburinho qualquer anunciando milagres… lá está o

Enviar Mensagem