TESTEMUNHO PAROQUIAL SOBRE PASTORAL DO DÍZIMO

No dia 14 de Abril de 2013 a paroquia St. António de Bandim recebeu uma grande graça que é a formação sobre o verdadeiro sentido da vivência da palavra de Deus sobre a partilha, a generosidade e o amor através do dízimo.

Iniciamos com dois dizimistas e depois da sensibilização e partilhas nas comunidades da paroquia, hoje contamos com 250 dizimistas,, conscientes, alegres e confiantes. Pois ser dizimista realmente é ser muito mais que dar uma oferta, é ser fiel, grato, em contribuir na construção do Reino de Deus e mais ainda ser obediente a vontade do Pai.

Nesse sentido a paróquia experimentou algo novo: saber partilhar e se solidarizar com os mais pobres, se responsabilizar pela manutenção da vida da Paroquia e participar na evangelização como responsáveis e não apenas como meros participantes. Isto graças a convicção e tomada de consciência através dos encontros de partilhas, dos testemunhos e graças recebidas.

Vejo a paróquia mais nossa, mais alegre e mais viva com a presença da pastoral do dízimo. Estamos ainda no inicio e num crescimento do caminho do dízimo e nas nossas comunidades.

Alguns testemunhos:

“Durante muito tempo lutei tanto para ter filhos e formar família. Passei humilhações por não ter conseguido. Depois de levantar o meu primeiro envelope de dízimo, prometi a Deus que ia dar o meu dízimo com todo coração, mas também, pedi ao mesmo tempo, uma única coisa a Deus: um filho, que agora estou carregando no meu ventre.”

“Uma vez, estava sem nada. Sem sequer o que preparar para os meus filhos comerem. No entanto, tinha o meu dízimo bem guardado. Enquanto não havia alternativas, lutei bastante com a tentação de pegar naquele dinheiro e poupar os meus filhos. De repente me veio na mente a parábola de Jesus que até agora não sai da minha cabeça: “dai a Cesar o que é de Cesar e a Deus, o que é de Deus” (Mc 12,17) e depois disso tive a ideia de ir contrair um empréstimo que consegui rapidamente”

Fazer parte do dízimo traz grandes bênçãos, principalmente ao nos ajudar a reconhecer melhor a mão do Senhor em nossa vida. Por sua vez, Ele promete “abrir as janelas do céu” e as suas bênçãos vêm a Seu modo e em seu próprio tempo em forma espirituais ou temporais.

Participar do dízimo ajuda os membros das nossas comunidades a reconhecer melhor a mão do Senhor em sua vida.

Idenia  Gama da Silva

Responsavel da Pastoral do dízimo da Paroquia Santo António- Bandim – África, Guiné Bissau.

Compartilhar:

Compartilhar:

Mais conteúdo

CASA DA SOGRA

Não há como fugir da curiosidade que o título aqui desperta. Por experiência, definição, ironia, crítica ou mesmo rejeição, sabemos que a casa da sogra

DEMÔNIOS QUEREM NOS DESTRUIR

Tem gente que não acredita em Deus, mas teme os demônios. Tem gente que faz pacto com demônios, mas ignoram os pactos que Deus fez

AUDIÊNCIA GERAL 24/01/24

O texto a seguir inclui também as partes não lidas que são igualmente consideradas como pronunciadas: Catequeses. Os vícios e as virtudes. 5. A avareza

O TEMPO É AGORA

O grande desafio que o cristianismo propõe ao mundo é encarar a realidade do tempo presente. Seja este bom ou ruim, o fato é que

Enviar Mensagem