Testemunho Pe. Ronnes.

Estimado Antoninho Tatto,
Saudações

Louvo e bendigo ao Senhor por tudo o que realiza em nossas vidas, por nos permitir fazer sua experiência de um Deus conosco, de um Deus comunhão, de um Deus partilha. Antoninho, desde quando realizamos os primeiros contatos nos preenchemos de assiedade, daquelas que se conta os dias e as horas, para ver realizado o trabalho; mas uma vez feito superou qualquer espectativa.

A preparação foi fundamental, as faixas, os outdor, os cartazes, o aprofundamento na Sagrada Escritura e nos livros sugeridos, contribui de modo extraordinário.

Com a vinda dos missionários conseguimos fazer a síntese, nos sentimos provocados, fomos impulsionados a uma verdadeira conversão.

 As Celebrações da Partilha é uma ação liturgica tão viva, tão tocante e comovente, vendo cada irmão e irmã (toda a Igreja) sendo conduzido pelos missionários a perdir perdão por não nos relacionar com Deus de Amor de modo verdadeiro e autentico.

Nas leituras biblicas, somos mergulhados na Palavra de Deus e dela buscamos compreender a mensagem e a convoação de Deus Pai, concluindo com o Evangelho que nos leva a ver em Jesus como deveriamos ser.

 No ofertório somos motivados a nos oferecer junto ao Pão e Vinho, é algo tão significativo.
Ceamos o Sagramento Eucaristico partilha, e, também, todos são, mais uma vez motivamos a rezar e aprofundar essa experência em massa, nas famílias.

O povo de Deus é convidado a uma verdadeira renovação, as lideranças são provocadas, o padre é envolvido por bela experiência do Reino de Deus.

 Os missionários dão testemunho que move. Suas palavras, o modo de transmitir, é cativante. Parabéns pelo belissimo trabalho realizado pelo MEAC em nosso país.

Não podemos dizer que atingiremos o objetivo financeiro, mas já atingimos o objetivo de fazer a experiência de pertença ao Senhor.

Mais uma vez agradeço a você Antoninho, por sua disponibilidade, agradeço ao missionários Bruno e Marilene, que, também, me ensinou a ser mais missionário.

Deus nos conduza. Foi ótimo nossa missão.
Pe. José Ronnes dos Santos Santana

Caro Pe Ronnes
Louvado seja Deus!
Bruno e Marilene dão testemunho de profunda vivência cristã neste final de semana em sua companhia. Nas palavras deles “oxalá todos os padres fizessem o que  fez o padre Ronnes, preparação intensa e profunda das lideranças, motivação do povo e total envolvimento em todo processo. Ele é um grande sacerdote”.
Que mais devemos desejar nós missionários do Meac, se somos servos inúteis?

Obrigado pelo carinho.

Antoninho Tatto

Compartilhar:

Compartilhar:

Mais conteúdo

CASA DA SOGRA

Não há como fugir da curiosidade que o título aqui desperta. Por experiência, definição, ironia, crítica ou mesmo rejeição, sabemos que a casa da sogra

DEMÔNIOS QUEREM NOS DESTRUIR

Tem gente que não acredita em Deus, mas teme os demônios. Tem gente que faz pacto com demônios, mas ignoram os pactos que Deus fez

AUDIÊNCIA GERAL 24/01/24

O texto a seguir inclui também as partes não lidas que são igualmente consideradas como pronunciadas: Catequeses. Os vícios e as virtudes. 5. A avareza

O TEMPO É AGORA

O grande desafio que o cristianismo propõe ao mundo é encarar a realidade do tempo presente. Seja este bom ou ruim, o fato é que

Enviar Mensagem